segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

"My life in 5 months" by Adina F. Cirmaci


[EN] Hi once again :)
This time was Adina, a romanian student, that left us her words to express what she's feeling at this moment. She arrived five months ago, to study communication in UBI. 



"ERASMUS it is not about 5 months from your life, it is about your life in 5 months."

"It is time to say goodbye? No, it can’t be true. I want to dream more. To dream, yes, because my ERASMUS in Covilhã it was like a dream.

I remember when I arrived in Covilhã and I started to talk with Pedrito and David at the train station (not talking because I couldn’t say a word because of the feelings) and in my mind was like this “why I couldn’t stay home? What I am doing here?” 
But now I have answers to my questions. I was here to make friends, to improve my languages, to create memories. In the beginning I couldn't understand a word. I thought that Portuguese language it is like “șșș”, and now I am talking this ”șșș” language.

Amazing times, with people all over the world. Trying to speak with Brazilians an amazing portunhol, learning Spanish and understand Turkish.
”Tonight is a party.” And like this all the things started. ”Party in room number…” ”Let’s go out for a beer.” – ONE AFTER ONE, because here it is impossible to drink just one.

I’m in love with Covilhã. I will remember all my life the parties in Birras and Barot. Latada, our pub crawl, room crawl (if you can imagine a room crawl in the residence…) the trips, my Christmas here with my family (ERASMUS family), and for sure all the people that I met here.
My question “what I am doing here” has an answer but I can’t say in words. It is about feelings. I will go home with tears in my eyes and in my soul too. Now I am so rich that you can’t imagine: with friends all over the world (and I am sure that I made friends for a life not just for some months) and with so many memories. Because… Because ERASMUS it is not about 5 months from your life, it is about your life in your 5 months.

Ate já Covilhã. I will come back for sure. You made me smile, you made me be drunk, be happy and now you make me cry…"
Adina F. Cirmaci

[PT] Olá mais uma vez :)
Desta vez foi Adina, uma aluna romena, que nos deixou as suas palavras para expressar o que ela está a sentir neste momento. Ela chegou à cinco meses atrás para estudar Comunicação na UBI.

"ERASMUS não é sobre 5 meses da tua vida, é sobre a tua vida em 5 meses."

"Já é tempo de dizer adeus? Não, não pode ser verdade. Eu quero sonhar um pouco mais. Sonhar, sim, porque o meu ERASMUS na Covilhã foi como um sonho. 

Eu lembro-me quando cheguei à Covilhã e comecei a falar com o Pedrito e o David na estação de comboios (não exatamente conversas, porque eu não conseguia dizer nada devido aos meus sentimentos) e na minha mente eu pensava algo do género "Porque é que eu não fiquei em casa?" "O que é que eu estou aqui a fazer?". 
Mas agora tenho as respostas às minhas perguntas. Estou aqui para fazer amigos, melhorar a minha linguagem, para criar memórias.No início não percebia uma palavra. Eu pensava que a língua portuguesa era "sss" e agora estou a falar esta língua dos "sss". 

Tempos espetaculares, com pessoas de todo o mundo. Tentar falar com Brasileiros numa espécie de portunhol, aprender espanhol e entender turco. "Hoje à festa à noite." E assim tudo começou. "Festa no quarto nº..." "Vamos beber uma cerveja?" - UMA APÓS A OUTRA, porque era impossível beber só uma. 

Estou apaixonada pela Covilhã, e vou lembrar-me durante o resto da minha vida, de todas as festas no Birras e no Barot. A Latada, o rally-tascas, o rally dos quartos (como se imaginassem um rally tascas na residência...), as viagens, o Natal aqui com a minha família (a família ERASMUS), e claro todas as pessoas que eu conheci aqui.

A minha questão "O que faço eu aqui?" tem uma resposta, mas não a consigo expressar por palavras. É acerca de sentimentos. Eu irei para casa com lágrimas nos meus olhos e também na minha alma. Estou tão rica agora, que vocês não conseguem imaginar: com amigos de todo o mundo (e tenho a certeza que fiz amigos para a vida e não apenas para alguns meses), e com tantas memórias. Porque... porque ERASMUS não é sobre cinco meses da tua vida, mas sim a tua vida em cinco meses.

Até já Covilhã, eu voltarei de certeza. Tu fizeste-me sorrir, embebedaste-me, fizeste-me feliz e agora fazes-me chorar..."
Adina F Cirmaci


Sem comentários:

Enviar um comentário